sebastião, minerador

Aceito o nome procurado,
mas advirto:
a palavra filtra incertamente
o que é núcleo
sob o céu.
 
Há os que esperam
o ouro do sentido.
Para seu desespero
a eternidade
depura os relógios.
 
Tudo quanto diremos
foi mencionado.
Só a palavra vista por dentro
traz algum proveito.
 
Edimilson de Almeida Pereira (poeta juizforano)

Lançado em 14/11/2008

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: