poema

tomar o cálcio
e deixar inteira a ossatura boa

tomar o fósforo
e deixar batuta o tutano verve

tomar a palavra
e deixar lúcida a caveira bela

pelos milênios que virão

Sueli de Melo Miranda

Lançado em 08/06/2009

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: