primaveris

no frescor de auroras
sobre as curvas da pele
enlevos sem pressa
em estado de graça:

tudo frágil, tudo passa
tudo se renova, tudo se revela
como esse tom de azul
deste átimo, único, o agora

leve assim, leve como vim
deslizo-me pelos debruns
da suavetérea bruma
que sempre me traz o sol

Getúlio Maia

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: