carta para nina

– onde estiver e como estiver –

Sei, Nina, que agora você anda
assuntando e farejando as ruas
da lua.

Flor e Pretinha te buscam nos quadrantes
do quintal e querem as possíveis estrelas
que agora brilham em seu olhar.

Sabe, Nina, quando falamos poemas no quintal
Festejamos a vida e bebemos a noite
As jabuticabas de seus olhos são sóis negros
Espreitando nossas carências e saudades.

Ronald Claver

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: