passarão

Tu, pássaro, vertiginoso
de azul, no livre espaço,
passarás.

E também passarás
se fores prisioneiro,
estrangulado
em espaços de mansardas
ou de poços.

Por seres pura e simplesmente
pássaro, passarás. E os seres
que não são pássaros, mas puros
e simples seres,
os seres por serem seres, simplesmente
passarão.

Hélio Pellegrino

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: