vidas secas

Romance em rosácea
desde que rosa sumária
de pétalas contadas, de
páginas onde se conta
o essencial sem floreios.

O tempo curto da vida
em dias decalcados, acres
na ida e na vinda circu-
lares, no mesmo lugar:
andar de dentro para

fora, ou vice-versa – fuga
debaixo do mesmo céu
em cima da terra parada
via sentenças-sinas, retas
escritas por partes – arte.

Armando Freitas Filho

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: