li no chão

Se não há futuro
Há ainda muitos começos
Por começar

O inverno
É a estação preferida
Das outras estações
É a estação canina
Onde sabem bem saber bem

Li no chão:
As ilusões despedem-se às avessas
Para que as faltas de gás
Não pareçam o fim do milênio.

Boaventura de Sousa Santos

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: