cenário

No jardim
O anúncio da primavera
Abelhas, cinderelas, personagens, o lugar.
Com o amanhecer as casas se multiplicam,
O café (água de cheiro),
O sol nos vértices do céu.

Os olhos grandes da criança,
Imaginando o gosto da maçã.
A cantoria é majestosa:
Dos bichos, das folhas ao vento,
Inspirando uma ensaiada orquestra.

E da janela, eram dela aqueles olhos
Que dão à tarde a morada
Que eu sonhava um dia ver.
A gaivota, nas páginas da história,
Voa a cantar no horizonte
Com seu modo de trinar.
Um buquê borboletas,
Um arco-íris que se vê passar.
E todo um ritual se repete:
As flores sempre dançarinas
Agradecem o sabor do vento.

As folhas secas chegam lentas ao cenário,
São as lágrimas dos galhos
Que se arrastam nos quintais.

Tony Primo

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: