Archive for the ‘Emily Dickinson’ Category

7

07/02/2020

Êxtase – grão por grão –
Paga-se com sofrer
A Dor em proporção
Ao prazer –

Cada hora de ardor –
Anos de desencanto –
Com moedas sem valor –
Cofres de Pranto!

Emily Dickinson

a dor

24/01/2020

A Dor — expande o Tempo —
Eras se enrolam dentro da
Circunferência
De um só Cérebro —

A Dor contrai — o Tempo —
Num mero Tiro
Milhões de Eternidades
Cabem num Suspiro —

Emily Dickinson

quer-se o prazer

07/07/2017

Quer-se o Prazer – antes –
Depois – não sentir Dor –
Depois – alguns Calmantes
Para lhe contrapor –

Depois – adormecer –
Depois – se bem prouver
Ao seu Inquisidor
O Luxo de morrer –

Emily Dickinson

penso

23/08/2010

penso – a vida é breve
a angústia absoluta
tudo confere
e daí?

penso – a morte rumina
viço vitalidade
decadência
e daí?

penso – no céu se pensa
salvo melhor juízo
equacionar isso
e daí?

Emily Dickinson

palavra

19/10/2009

Uma palavra morre
Quando é dita,
Dir-se-ia.
Pois eu digo
Que ela nasce
Nesse dia.

Emily Dickinson

Lançado em 13/10/2009

trevo, abelha e fantasia

21/07/2009

Para fazer uma campina
basta um só trevo e uma abelha.
Trevo, abelha e fantasia.
Ou apenas fantasia
Faltando a abelha.

Emily Dickinson

Lançado em 15/05/2009