Archive for the ‘León Félix Batista’ Category

Almíscar

14/07/2009

Com toda a avidez de sua carne de tubérculo,  o
plasma dá um aroma, fechando-se e  ancorando.
Espessos   miasmas,   conchas,   que  estimulam
mares   acres   com   vestígios   nas veias de sua
grande   conflagração. Sua  crônica se impõe ao
encarnar   constantemente, rompendo    em   um
tumulto   exacerbado:   pelas   lubricidades    de
excelências    voluptuosas    nas    quais     estão
parentes    tempestades    de    desejo.     Quanto 
mais    inerte    seja    mais    cobiça    escavá-lo.
Para    sua    propaganda    e    tratamento    nos
sentidos.

León Félix Batista (poeta dominicano)

Lançado em 18/04/2008