Archive for the ‘Adão Ventura’ Category

negro forro

15/05/2017

minha carta de alforria
não me deu fazendas,
nem dinheiro no banco,
nem bigodes retorcidos.

minha carta de alforria
costurou meus passos
aos corredores da noite
de minha pele.

Adão Ventura

Anúncios

natal ii

23/12/2016

Um menino lerdo
num lençol de embira
mesmo qu’uma fonte
de estimada ira.
um menino lama
num anzol que fira
alguma parte e corpo
e alma de safira.
um menino cápsula
de tesoura e crina
– ritual de crisma
sem fé ou parafina.
um menino-corpo
de machado e chão
a arrastar cueiros
de chistes e trovão.

Adão Ventura

alfabetização

08/01/2016

Papai
levava tempo
para redigir uma carta.

Já mamãe,
Sebastiana de José Teodoro,
teve a emoção de assinar seu
 nome completo
já quase aos setenta anos.

Adão Ventura

das biografias

11/05/2015

em negro
teceram-me a pele.
enormes correntes
amarram-me ao tronco
de uma Nova África.

carrego comigo
a sombra de longos muros
tentando impedir
que meus pés
cheguem ao final
dos caminhos.

mas o meu sangue
está cada vez mais forte,
tão forte quanto as imensas pedras
que os meus avós carregaram
para edificar os palácios dos reis .

Adão Ventura

por que jesus cristo é sempre branco?

28/02/2011

– e os negros?
– e os índios?
– e os amarelos?
– e os chicanos
  do Estado do Novo México?
– e os cafusos
  de Santo Antônio do Itambé?

Adão Ventura

faça sol ou faça tempestade

19/11/2010

faça sol ou faça tempestade
meu corpo é fechado
por esta pele negra.

faça sol ou faça tempestade
meu corpo é cercado
por estes muros altos,
– currais
onde ainda se coagula
o sangue dos escravos.

faça sol
ou faça tempestade,
meu corpo é fechado
por esta pele negra.

Adão Ventura

paisagens do jequitinhonha

01/03/2010

Quem dança no vento
                     no ventre das águas
                     do Jequitinhonha?

Quem percorre o leve
                     de breves passos
                     nas margens do Araçuaí?

Quem detém dos pássaros
                     o ziguezaguear de vôos
                     recompondo sombras
                     sobre lixívias e lavras
                     de Chapada do Norte?

Quem imprime
                    em argila
                    a singeleza dos gestos
                    dos artesãos de Minas Novas?

Adão Ventura

origem

26/02/2010

Vestir a camisa
de um poeta negro
– espetar seu coração
com uma fina
ponta de faca
– dessas antigas,
marca Curvelo,
em aço sem corte,
feito para a morte.

– E acomodar
no exíguo espaço
de uma bainha
sua dor-senzala.

Adão Ventura

filosofia

21/07/2009

A vida                   
tem várias versões       
                         
– Eu prefiro             
                       a mais simples
                         
a sem enfeites,          
                         
como a correnteza        
das águas.               

Adão Ventura

Lançado em 19/06/2009